quinta-feira, 26 de maio de 2011

18 de Abril dia do Livro



O dia 18 de abril foi instituído como o dia nacional da literatura infantil, em homenagem à Monteiro Lobato.“Um país se faz com homens e com livros”. Essa frase criada por ele demonstra a valorização que o mesmo dava à leitura e sua forte influência no mundo literário.
Apesar do surgimento de tantas novas tecnologias, o livro ainda permanecerá muito tempo entre nós, apesar de muitos alardearem sua futura "aposentadoria". Ele ainda é a forma mais democrática e acessível de conhecimento, se considerarmos a população mundial como um todo. E, há lugar para todos, felizmente!
A escolha do dia deve-se ao fato que vários escritores consagrados, como Miguel de Cervantes, William Shakespeare, Vladimir Nabokov e Josep Pla, nasceram ou morreram em um 23 de abril.
O livro constitui um meio fundamental para conhecer os valores, os saberes, o senso estético e a imaginação humana. Como vetores de criação, informação e educação, permitem que cada cultura possa imprimir seus traços essenciais e, ao mesmo tempo, ler a identidade de outras. Janela para a diversidade cultural e ponte entre as civilizações, além do tempo e do espaço, o livro é ao mesmo tempo fonte de diálogo, instrumento de intercâmbio e semente do desenvolvimento.

domingo, 30 de janeiro de 2011

Lista dos Alunos E.M.E.A Aprovados no IFPI/2011

1. Ana Kelle dos Santos Magalhães - Vestuário
2. Gabriel Victor Pereira dos Santos - Manutenção e Suporte em Informática
3. Ivan Rodrigues de Sousa - Administração
4. Sabino Anderson Silva Rocha - Edificações
5. Rahra Carvalho de Araújo - Administração
6. Rafael Pedreira de Carvalho Lopes -Eletrônica
7. Yasmim Moreira Sales - Vestuário
8. Gleice Kelly Rosendo Lima - Vestuário

sábado, 17 de abril de 2010

Meio Ambiente é tema de oficina na E. M. Eurípides Aguiar*

16/04/2010


Com o intuito de despertar a consciência dos alunos para a educação ambiental, foi realizada hoje (16) uma oficina de meio ambiente na Escola Municipal Eurípides Aguiar, em parceria com a AGESPISA e o Coletivo Jovem.
Os alunos discutiram sobre seis temas principais: economia local; energia e tecnologia; comunicação e cultura; segurança alimentar; espécies e ecossistema; e água. A partir da dinâmica “flor da sustentabilidade”, os estudantes puderam expor suas opiniões quanto aos problemas detectados por eles na escola e na comunidade, e sugerir formas de modificar as situações problemáticas.
“Junto com a Comissão de Qualidade de Vida, organizada pela escola, desenvolvemos essa atividade para que as crianças percebam o real significado de preservação e sustentabilidade, que não basta cuidar sozinho da água e da luz, tem que trabalhar na promoção da cidadania coletiva, motivando para a solução dos problemas”, explica Phelipe Cunha, membro do Coletivo Jovem, um grupo de jovens voluntários que tem o principal objetivo de inserir a discussão ambiental nos mais diversos espaços da sociedade.
Segundo a assistente social da Gerência de Assistência Social e Educação Ambiental da AGESPISA, Tânia Maria Fortes, a oficina de meio ambiente é uma das ações de investimento do projeto de ampliação da rede de esgotamento sanitário da zona Norte de Teresina, sendo uma atividade com propósitos educativos sobre a questão do ambiental.
“Acreditamos que o jovem é o principal multiplicador na comunidade, fazendo um trabalho de conscientização nas escolas, as famílias, os vizinhos e boa parte da cidade é influenciada a contribuir com a preservação do meio ambiente também”, diz Tânia Maria Fortes.


Escola em paz com o planeta
Socorro Rodrigues, diretora da E. M. Eurípides Aguiar, conta que a escola foi escolhida para participar da oficina pelo trabalho desenvolvido em relação à preservação ambiental, com projetos como Pintou Limpeza, que conscientiza os alunos sobre o respeito ao espaço escolar e ao meio ambiente, além da participação do aluno Paulo Vitor Chaves na Conferência Nacional do Meio Ambiente no ano de 2009, representando a escola.

Fonte:http://www.semec.pi.gov.br/Portal/index.php?IdPage=6&IdNoticia=2487